Nosso bairro é 2 de Julho!

Ocorreu ontem, na Centro Cultural da Câmara, Audiência Pública contra a gentrificação do Bairro 2 de Julho, promovida pela deputada Maria del Carmen e pela vereadora Marta Rodrigues, com apoio do Movimento DESOCUPA. Os moradores do bairro e a sociedade civil tiverem espaço para fazer duras críticas ao pavoroso projeto da Prefeitura para o bairro, que se auto-intitula “Projeto de Humanização do Bairro de Santa Tereza”.

CLIQUE AQUI PARA OUVIR O ÁUDIO DA AUDIÊNCIA PÚBLICA.

Além da absurda e arbitrária proposta de mudar o nome do bairro para “Santa Tereza” sabemos que por trás das “boas intenções” da Prefeitura Municipal de Salvador, está o desejo de expulsar os pobres daquela região, em favor dos luxuosos empreendimentos que estão se instalando na área. Os moradores do 2 de Julho obviamente não foram consultados e sequer foram convidados para a apresentação do projeto de “humanização” (sic) do “novo bairro”, realizada na Associação Comercial da Bahia (!) em abril.

Para as urbanistas Laila Mourad e Glória Cecília Figueiredo, a intervenção “assume, unilateralmente, interesses econômicos do empresariado em detrimento do interesse coletivo e das demandas do conjunto de moradores e usuários do bairro 2 de Julho. Para a historiadora e moradora do 2 de Julho Wlamira Albuquerque, “a requalificação e a humanização, como têm sido propostas, vão implicar num processo de exclusão deliberada a favor de investimentos privados de alto padrão da rede hoteleira. Além de ser uma tentativa de apagar a memória do 2 de Julho, na medida em que se pretende criar um novo nome para se desfazer do estigma de decadência em que se encontra o local por  irresponsabilidade do poder público, vai gerar a expulsão dos moradores, que não terão como arcar com custos de aluguéis  e comércio mais caros”.

Durante a Audiência Pública realizada ontem, a administração municipal não pôde ser representada pelo Secretário Municipal de Habitação, Paulo Sérgio Damasceno da Silva, pois ele estava de licença médica (doente, segundo disseram); o Coordenador da Central de Planejamento e Desenvolvimento Urbano/SEDHAM e presidente da FMLF, Luiz Cezar Mesquita Baqueiro, estava igualmente de licença médica (doente, também). O prefeito, ficamos sabendo hoje pelos jornais, estava ocupado, inaugurando um Shopping Center. Outros possíveis representantes deviam estar no mesmo evento, fazendo relacionamento estratégico, garantindo seu pirão, sabe-se lá.

Coube ao Assessor Chefe da Fundação Mário Leal Ferreira, autarquia ligada à SEDHAM, dr Armando Carneiro da Rocha Neto, a apresentação constrangedora, por meio de seus dois técnicos, de um powerpoint sobre o “Projeto de Humanização do Bairro de Santa Tereza”. Sob ameaça de uma Ação Civil Pública por discriminação, eles explicaram que o termo “humanização” tem a ver com acessibilidade, uma das prioridades do projeto – ao fundo, o slide mostrava a proposta de colocar escadas “mais esteticamente belas” (para usar um termo da apresentação) numa encosta onde já existem escadas. Pode-se dizer que a única contribuição que os três representantes do poder municipal trouxeram para a audiência foi a de enfatizar que não há nenhum projeto de revitalização, requalificação ou humanização do bairro Dois de Julho – apenas um estudo preliminar de péssima qualidade, que se arrasta desde 2007, diga-se de passagem.

O relator Nacional do Direito Humano à Cidade, Leandro Franklin Gorsdorf, que visitou o 2 de Julho durante a tarde de ontem com moradores do bairro e participantes do DESOCUPA, também não poupou críticas ao projeto e saudou a mobilização da comunidade.

Clique aqui para ler o artigo assinado pelas urbanistas Laila Mourad e Glória Cecília Figueiredo, que denuncia os interesses por trás do projeto.

Clique aqui para assinar a petição dos moradores do Bairro 2 de Julho contra o projeto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s