Nota de apoio às greves docentes

O Movimento DESOCUPA vem a público manifestar sua solidariedade aos professores da rede estadual de ensino, em greve há mais de oitenta dias, fato que se configura numa nobre lição de resistência e exercicio da cidadania.

A greve, direito constitucional e instrumento da democracia, vem sendo tratada como ato de vandalismo, merecedora de punições absurdas. A covardia do governador do Estado da Bahia, ao sequestrar o salário de professores e professoras (penalizando também seus familiares e todos que deles dependem financeiramente) e ao se negar ao diálogo, revela claramente os traços de autoritarismo e intolerância deste governo e faz ressurgir com muita força a lembrança da indesejada ditadura de que pensávamos termos nos livrado quando da eleição deste governo.

Também estão em greve há mais de quarenta dias os docentes das universidades federais de todo o país. Apesar de não estarem sendo tratados com a mesma truculência com que o Governo Jacques Wagner trata os professores da rede pública estadual, os professores das instituições de ensino superior estão sendo solenemente ignorados pelo Governo Federal, que até o momento não apresentou qualquer proposta para negociação.

Manifestar respeito e solidariedade à classe que reúne profissionais de tão nobre missão social é na realidade dever de uma sociedade que tem em sua memória os valores forjados pela boa educação, historicamente exercida na escola pública.

Lamentavelmente, o sistema de ensino vem sendo vítima, há algumas décadas, de uma grande desestruturação. Ainda que haja investimentos em espaços físicos, os professores seguem sendo excluídos do direito às condições adequadas de trabalho, do acesso a salários dignos e compatíveis com profissionais de outras áreas e massacrados pela perseguição à sua autonomia e ao seu direito de voz.

Ao mesmo tempo, se deposita nos educadores a gigantesca responsabilidade de construção de uma sociedade desenvolvida através da formação intelectual, psicológica, ética e moral de crianças, adolescentes e jovens, sendo sempre os professores os primeiros a serem responsabilizados pelo insucesso deste projeto social.

Ironicamamente, neste país apenas a greve é capaz de provocar um grande debate sobre importância da educação pública de qualidade e o valor dos professores e professoras.

O DESOCUPA, como movimento da sociedade civil que se levanta para o exercício permanente da cidadania e para o acompanhamento e fiscalização das políticas públicas, manifesta seu apoio aos professores em greve, ao mesmo tempo em que se disponibiliza a estabelecer um diálogo que vise o fortalecimento deste movimento importantíssimo.

Anúncios

Uma resposta em “Nota de apoio às greves docentes

  1. Estou completamente de acordo,,,,aliais, essa postura do governo condiz com o que acontece em nosso estado, e em nosso país(…)estranho seria eles valorizar os professores..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s