Notícias sobre o Camarote Salvador

Em que pé estão as coisas?

Atualmente existe uma Ação Civil Pública (ACP) movida pela Defensoria Pública da União que questiona a legalidade da concessão da Praça de Ondina à Premium Produções, responsável pelo Camarote. Os donos do empreendimento buscam um acordo para que possam manter o luxuoso empreendimento refestelado em praça pública (e com acesso exclusivo à praia), ganhando milhões em cima de um espaço que é meu, seu e nosso.

Enquanto isso, o Camarote já iniciou a venda se seus “lotes” (termo bastante apropriado) para o Carnaval 2013. Seja porque ainda confiam na injustiça movida pelas relações escusas entre politicos, empresários e o judiciário, seja porque já tem outra área em vista para “a festa dentro da festa”; o fato é que o Camarote já começou a mover a sua máquina milionária. Quanto à Ação Civil Pública em curso na Justiça Federal, que solicita o cancelamento do contrato entre a Premium e a Prefeitura, tudo é ainda muito incerto e a palavra final ficará a cargo da própria Justiça, o que deve ser feito, provavelmente, até o final do mês de junho.

Histórico

Em janeiro, quando o Desocupa convocou uma manifestação em frente às obras do Camarote Salvador, a Premium acionou a Justiça para que a protesto fosse proibido. Naquele momento, a jornalista Nadja Vladi foi apontada pela empresa como líder do Movimento Desocupa sem nunca tê-lo proclamado, e continua sendo processada pela empresa. Com isso ficou clara a parcialidade do judiciário baiano que, em conluio com a iniciativa privada, se articula no sentido constranger, enfraquecer e tentar proibir o direito constitucional de liberdade de expressão e livre manifestação. Esse processo soa como uma “lição” numa terra em que a sociedade civil organizada é apelidada de “força do atraso”, pelo próprio prefeito!

O Camarote Salvador é um empreendimento emblemático de todo o processo complexo de mercantilização e segregação que perpassa o Carnaval de Salvador, garantindo lucros colossais aos empresários, respaldados por políticos e pelo judiciário, em detrimento dos interesses da maioria da população. Essa é uma lógica mesquinha que enfraquece a cidadania, os direitos constitucionais e o controle social, aspectos fundamentais numa sociedade que pretensamente se afirma democrática. Portanto, estamos acompanhando atentamente o desenrolar desses processos (a ACP movida pela Defensoria Pública e o processo impetrado contra a Jornalista Nadja Vladi) para que isso não se esqueça, não se perca e não desapareça em mais um carnaval.

No que vai dar?

Ainda não sabemos. A única certeza é que sem mobilização e pressão da sociedade, viveremos sob a ditadura dos interesses privados. Somente participando, lutando, pensando, disseminando informação conseguiremos reverter este processo de privatização e submissão do poder público aos interesses de uma minoria.

DESOCUPA!

Anúncios

4 respostas em “Notícias sobre o Camarote Salvador

  1. Ou a sociedade civil organizada na sua maioria se mobiliza contra esse estado ante democrático manipulado pela ditadura do capital e do poder econômico que constantemente atropelam as leis e os direitos dos cidadãos muitas vezes protegidos por decisões controversas da própria lei,com apoio de políticos que não tem compromisso nenhum com a coisa pública com a cidade com os cidadãos e os seus legítimos direitos,ou estaremos assistindo a sempre a fatos como este de Ondina onde o direito do povo é usurpado e desrespeitado,a cidade loteada,degradada, por uma administração pública inconsequente, conjuntamente com os interesses privados que na maioria da vezes não corresponde aos legítimos interesses da cidade e da sua população.DESOCUPA SALVADOR – VAMOS SALVAR SALVADOR

  2. Muita gente pensa que essa luta morreu ou que tudo deu em pizza. Sim, tudo pode dar em pizza se não formos fiscalizadores de plantão do uso dos bens públicos. Nós somos donos de nossa cidade e devemos ser consultados sobre qualquer uso de equipamento público, ainda mais se for com intenções particulares! Mas nos falta a consciência de que, se continuarmos na inércia, vamos continuar também a produzir dinheiro para pagar impostos que beneficiam o bolso de poucos enquanto tiram de muitos – e ainda roubam seu espaço de direito. A cidade não é um bem privado! O carnaval não é um bem privado! Camarotes que se juntem em arenas e salões e devolvam a rua ao povo!

  3. vamos! como conseguir esse email, luciano? vc sabe qual vara? precisamos pressionar, caso contrário, morreremos na praia…!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s