Novas formas de fazer política

Reflexão de Ronaldo Lyrio, participante do Movimento DESOCUPA, sobre as possibilidades de atuação dos movimentos sociais nos dias de hoje:

Estive acompanhando parcialmente as discussões sobre as formas de mobilização tradicionais e a atuação dos partidos políticos nas manifestações do Movimento DESOCUPA. Havia uma grande preocupação com a presença de partidos políticos nas manifestações públicas e principalmente nas passeatas.

Passeatas tradicionais são sem dúvida algo bem antiquado, típico de uma sociedade de massa controlada por partidos políticos, sindicatos, veículos de comunicação de massa, enfim, mecanismos de um modo de produção industrial (“capitalista”) que vem se afundando a cada dia. Os movimentos sociais contemporâneos são uma resposta a este modelo. Descontentamento, insatisfação contra estruturas que não atendem mais as nossas ansiedades.

Estamos vivenciando um processo de transformação social intenso, e o surgimento de uma cultura pós-industrial, que produz muitos questionamentos. As discussões e eventuais discordâncias são fundamentais para a produção de novas idéias e processos. Isto faz parte da coisa, e é muito bom, pois só seremos fortes quando abrirmos espaço para diferentes idéias. É evidente que as relações de rede não irão gerar consenso, o que também é muito bom.

Os partidos políticos impõem consenso aos seus militantes, os que não concordam são obrigados a se calar, ou estão fora. Não queremos de forma alguma partidarizar o movimento, por um simples motivo: este modelo não vem dando certo. Queremos uma democracia participativa porque a democracia representativa, intermediada por parlamentares, não vem atendendo as demandas da sociedade.

Hoje é possível construir uma democracia participativa através de novas práticas políticas. As discussões nas redes sociais abordam diferentes temas e surgem propostas que não necessariamente são consensuais, mas certamente geram processos e projetos criativos. O Movimento DESOCUPA irá aos poucos inventar suas pautas, muitas coisas novas surgirão, pois numa sociedade diversa as pessoas pensam diferente, e isto é o melhor deste processo. Diferentes grupos ligados em rede podem se juntar em torno de objetivos específicos, gerando ações objetivas.

Não terão de obedecer a um comando, mas estarão fazendo parte de uma rede que tem um interesse maior, que une todos nas suas ações. A cidade de Salvador é o grande foco que une o Movimento, e isto irá produzir uma reflexão coletiva sobre a cidade, capaz de transformá-la através de uma verdadeira democracia participativa.

Acredito que estamos no caminho certo, e que não tem o menor sentido partidarizar o movimento. Os parlamentares terão de ouvir as demandas sociais se quiserem manter os seus empregos, devem ser coadjuvantes no processo, nunca os protagonistas. Queremos transformar a democracia representativa parlamentar numa democracia participativa onde a inteligência coletiva da rede deverá pautar as ações do poder público. Quanto mais ampliarmos a rede, melhor!!!

O Movimento DESOCUPA deve se pautar por essas novas formas de fazer política, e aí algumas experiências em curso, podem ajudar a construção de uma democracia participativa na nossa cidade.

Seguem dois links, de palestras do TEDx, ilustrativos de novas formas de fazer política. Demora um pouco, mais vale à pena “perder um tempinho”, para assistir:

Novas formas de fazer política na rede (clique aqui para assistir)

Normas colaborativas de financiamento de projetos culturais e sociais (clique aqui para assistir).

Espero que estes links sirvam para fomentar novas discussões sobre os caminhos do Movimento.

Anúncios

Uma resposta em “Novas formas de fazer política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s